terça-feira, 14 de junho de 2016

FRANCISCO CRIOULO


"Aos sete de Fevereiro de mil oitocentos cincoenta e dois na Capela do Rosário foi sepultado o cadáver de Francisco, crioulo, inocente[1], filho legítimo de João Rodrigues dos Santos e Maria Inocência de Jesus. E para constar faço este assento em que me assigno. O vigário encomendado João Batista de Miranda."


[1] Faixas temporais: “velho”, “inocente”, “recém-nascido” e “sem referência”.
Em muitos registros a classificação por faixa etária está acompanhada da idade numérica. A partir destas anotações pode-se chegar à conclusão de que os “inocentes” correspondem às crianças de até 12 anos, e os “sem referência” aos adultos (dos 14 até os 50/60 anos).

MORALES. Walter Fagundes. MOI. Flávia Prado. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, SP, 2008, p.125.

Referência disponível em:
"Brasil, Minas Gerais, Registros da Igreja Católica, 1706-1999," images, FamilySearch , Itaúna > Santana > Óbitos 1840, Jan-1888, Fev > image 2 of 92; Paróquias Católicas, Minas Gerais (Catholic Church parishes, Minas Gerais).
Acesso em>  https://www.familysearch.org/ark:/61903/3:1:939N-D7S9-G2?i=1&cc=2177275

Pesquisa e Organização: Charles Aquino



0 comentários:

Postar um comentário